Arquivo para Política

Quem pode, pode. Quem não pode…tá fudido!

Posted in Isso é Brasil (aka Tim Maia), Outros, Política with tags , , , , , , , , , on 11 novembro, 2008 by Lucas_Gandalf

Antes de mais nada leiam essa noticia

Tarso: PF refaz todo o inquérito da Satiagraha fonte: terra

Tarso considera “normal” indiciamento de Protógenes fonte: uol

Não consegui ler isso e não me indignar, não queria transformar esse blog (inicialmente concebido pra ser algo de humor) em um blog político, mas então eu paro e penso ‘porra quando criamos essa porcaria eu não fiz um post falando que ele (blog) não tinha um objetivo, que ele era ‘zero de finalidade’?’

Então haja vista está falta de finalidade desta fossa, despejo aqui o meu ‘xurume’ (já falei o correto é ‘chorume’)

Como pode um país querer ser levado a sério se a PF faz um ótimo trabalho e na hora do ‘vamo vê’ a justiça mandar soltar o cara?

Volto novamente ao debate sobre pena de morte, porra será que pena de morte é a solução? ‘Esses caras’ nunca seriam punidos, já não são nem com uma pena normal, de prisão, quem dirá com pena de morte! Mas vou além, será que não bastaria a certeza da punição pra acabar com a palhaçada desses larápios? Não bastaria uma justiça séria e implacável?

Bom mas sem desviar do tema, eu fiquei sabendo disso no ótimo blog do Tico Santa Cruz e realmente não pude deixar de me indignar, penso que sim, se Protógenes errou ele tem que ser punido, SE ele comprometeu a investigação com seus erros as provas devem ser refeitas, mas primeiro deve-se apurar se isso realmente ocorreu e não refazer tudo para depois chegar lá no fim e perceber que não, Protógenes não cometeu nenhum erro! PORRA!!!

Existe algo no direito chamado “Fruto Da Árvore Envenenada”, resumindo essa tese: provas oriundas de uma prova ilícita são todas ilícitas. Então é necessário saber se as provas oriundas de uma SUPOSTA ilicitude da conduta de Protógenes envenenam as outras ou não, afinal e se as outras provas foram obtidas de maneira independente ou por qualquer outro meio que não a SUPOSTA ilicitude do delegado. Nessa última hipótese as provas são lícitas mesmo com a conduta SUPOSTAMENTE ilícita do delegado.

Então caralho porque não averigua isso primeiro antes de lançar uma dúvida, ou seria uma nuvem de fumaça, na investigação? Porque refazer tudo se não se sabe se algo foi realmente afetado? Porque investigar/indiciar Protógenes agora e não investigar apenas para ver se as provas foram contaminadas ou não e aguardar o julgamento de Dantas para então se investigar melhor o delegado? Porque lançar dúvidas no nome de quem investiga algo dessa magnitude? Seria para municiar mais a defesa (se é que existia defesa antes disso) de Dantas?

Honestamente não tenho UMA resposta coerente para nenhuma das perguntas (salvo a última que foi retórica) que fiz além da óbvia, ISSO É BRASIL! Como diria o Tim Maia: “O Brasil é o único Pais em que além de puta gozar, cafetão sentir ciúmes e traficante ser viciado, o pobre é de direita”.

Anúncios

A Idade Média Digital

Posted in Outros with tags , , , , , , , , on 22 outubro, 2008 by Lucas_Gandalf

Faz tempo que não posto nada e resolvi comentar sobre algo que anda me incomodando muito nos últimos dias, a total falta de preparo de algumas pessoas. Não, não estou falando da polícia, estou falando das pessoas em geral mesmo.

Entendo a argumentação de alguns, favorável a pena de morte, como nos casos extremos aonde se acredita que não existe recuperação diante da enorme quantidade de delitos cometidos pelo réu, apesar de não concordar acho uma argumentação válida. Agora não entendo as pessoas serem favoráveis pura e simplesmente, quase sempre pela necessidade de vingança, algo que é totalmente medieval e que não existe (ou não deveria existir) mais espaço nos dias atuais. Me desculpem, mas acredito que a vida em sociedade nos moldes atuais não comporta mais esse tipo de argumento.

E eu poderia aqui discorrer toda a argumentação dos que são contrários a pena de morte, mas acho mais fácil indicar alguns sites que tratam bem do tema, só discordo do último que tenta dar alguns traços de abordagem religiosa, acho que por opinião pessoal é válido, mas pensar se o Estado deveria ou não instituir não é, pois o Estado é laico e a questão do Estado instituir ou não pena de morte é de esfera pública acho incabível argumentos religiosos (surpreendentemente no último link tem uma enquete pra perguntar o motivo de ser contrário a pena de morte ‘porque a bíblia diz não matarás’ é um dos que mais ganham, prefiro não comentar pra não me desviar do tema), mais enfim ai vão os links

http://www.jornaldedebates.ig.com.br/debate/pena-morte-justa/artigo/pena-morte-contradicao-si-propria

http://veja.abril.com.br/150904/andre_petry.html

http://gladivs.sites.uol.com.br/pmMUNDO.htm

http://www.culturabrasil.pro.br/direitoshumanos1.htm 

 

Mas você deve estar se perguntando a razão de eu dizer tudo isso, bom esse post foi gerado porque fico pensando, pelos comentários aqui do blog, em especial no post Belo princesinha de cela AGAIN(https://xurumevirtual.wordpress.com/2008/03/13/belo-princesinha-da-cela-again) porque as pessoas repudiam uma pena como a que recebeu o Belo, o defendem apesar de ter sido julgado culpado (com base em provas pra lá de sólidas) e tratam-no como inocente por ele ser famoso ou por gostar do trabalho dele, assim furta-se a pena, pois ‘coitadinho dele’. Isso sem perceber que o post continha um tom humorístico, claro não sou ingênuo, evidente que o Ska ao fazer o post achou a decisão judicial correta, assim como eu achei, mas não foi isso que o post se propôs a fazer, foi apenas uma piada. Não gostou da decisão da justiça vai xingar o juiz. Caralho, ele que decidiu não eu.

Agora quando não tem glamour, quando não tem mídia, quando a imprensa não mostra o caso, quando é um desconhecido, um favelado, um ‘maloqueiro’, um ‘bandidinho’, um ‘ladrãozinho’…AH ai começa o discurso ‘tem q bater, tem que esfolar, tem que atirar na cabeça, tem que arrancar a perna, tem que arrancar o olho e enfiar no cu.’ Curiosamente quase sempre são as mesmas pessoas que quando o crime tem glamour defendem o ‘pobre coitado’ e o tratam como inocente, mas quando não tem ai ‘tem que matar um filho da puta desse’.

Porra vão se fuder! E pior ainda vem ficar aqui xingando aqui no meu blog, da licença hein? Ah e um recado pelo bem da sociedade, VÃO APRENDER A ESCREVER porra!!!Parem de matar a língua portuguesa! (Só um comentário, meu português não é perfeito, gramaticalmente cometo muitos erros, alguns de grafia inclusive, sem a correção do word passaria muita coisa, porém alguns erros são impossíveis de se cometer “COSERTEZA” alguns ali eu nunca cometerei)  (https://xurumevirtual.wordpress.com/2008/03/13/belo-princesinha-da-cela-again)

Enfim…Cheguei a conclusão que realmente começou uma nova era, uma nova idade média, a idade média digital!

CQC vs CSS

Posted in Outros with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , on 13 junho, 2008 by Lucas_Gandalf

Bom já havia feito anteriormente um post sobre o ótimo programa CQC, na época o programa havia estreiado, era novidade e ninguém sabia se ia dar certo, hoje o programa é uma realidade, tem conseguido se firmar no terceiro lugar de audiência na sua faixa de horário, ganhando de um ícone das segundas a noite, a esposa do Ska, Hebe Camargo!

Mas o que vocês tem haver com isso? Em tese até aqui porra nenhuma, mas na minha humilde opinião quando alguém é impedido de na ‘casa do povo’ (ou seria melhor dizer na ‘casa da mãe joana’?) isso viola diretamente o nossa liberdade de imprensa e nosso direito a liberdade de expressão, ah ainda não entendeu? Leia isso aqui então http://www.cqcnocongresso.com.br/

Hum…É o CQC foi impedido de entrar no Congresso!!! Mas que alegações patéticas pra justificar uma censura infundada, falar que o CQC é composto por humoristas e por isso eles não tem acesso é no mínimo de mau gosto, ver uma pessoa envolvida com o jornalismo a anos, como o Marcelo Tás, ser taxado de humorista apenas por tratar com bom humor as mazelas diárias dos nossos comediantes, ops políticos, é no mínimo um absurdo…não que ele (Tás) não seja um humorista, mas não no sentido pejorativo da palavra, essa sim destinada a nosso políticos, e por falar em absurdo tivemos mais um com a reaprovação da ex-CPMF, agora CSS!A matéria muito provavelmente vai ser vetada no Senado, mas só dos nossos deputados terem aprovado já é digno de pena.

Realmente acho que os humoristas são os nossos políticos e como bem falaram parece que eles tem medo da concorrência dos “humoristas” do CQC…mas falando sério todos sabemos que eles tem medo é das perguntas dos feitas com muito bom humor e das perguntas totalmente necessárias pro exercício da democracia nesse país, perguntas pras quais eles nunca tem resposta. Por exemplo: qual a utilidade de uma reforma tributária se os políticos fazem caixa 2?

Por isso vou aderir a campanha aqui no blog, CQC no Congresso!

Foto retirada do blog do Danilo Gentili (http://danilogentili.zip.net/), mas você encontra a campanha no blog de qualquer um dos membros do programa, a começar pelo Marcelo Tás que além de lançar a campanha fez um post maravilhoso falando sobre tudo (http://marcelotas.blog.uol.com.br/)

Falando em blog do Tás, vou xupinhar uma outra foto de lá…tentar fazer um apelo aos nossos ladrões do Congresso…

Pessoa revoltada com a CSS – Cansei de Ser Sacanaeado, mas pena que os nossos ladrões do Congresso não adianta tentar fazer esse tipo de apelo, com certeza eles roubariam até a faixa!

E bom voltando a CSS… vamos torcer agora pra que seja aprovada no Senado, assim nossos problemas na saúde acabaram!!!EeEe que alegria! ¬¬

Clo…

Posted in Fato ou Folclore??? with tags , , , , , on 12 março, 2008 by Angela Teodoro

Essa notícia provavelmente é muito velha. Mas eu só a recebi via e-mail essa semana.

Desenhado pelo próprio Clodovil, o lustre foi montado pela estilista matogrossense Chiquita Folharal – resonsável pelos ornamentos do caixão de Clóvis Bornay. (?)

O lustre custou R$ 300.000,00 (!!!) e consumiu quase toda a verba de gabinete do Deputado mais alegre do Brasil. “Ele é tudo de bom! O problema, meu Amor”, reclama Clô, “é que ninguém consegue se concentrar no trabalho. Uma ‘coisa’ dessas pendurada no meio do gabinete, balançando pra lá e pra cá, prende a atenção de todos.”

Subindo as sobrancelhas, o Esse lentíssimo deputado acrescenta: “Se bem que eu não vim aqui para trabalhar mesmo, hahahaha”, finaliza.

* FIca a dúvida. Fato ou Folclore????

Vai saber né… Brasil..