O Cheiro Do Ralo

Estou pra escrever sobre esse filme a tempos, vi faz tempo…e os motivos que me levam a escrever apenas agora não vem ao caso, fato é que esse filme é sensacional, queria fazer uma crítica abalizada sobre o mesmo, mas acho que seria uma tentativa frustrada e seria uma heresia, portanto vou tentar me limitar a um breve relato sobre o filme e ir emito as minhas opiniões pessoais aos poucos, tecendo breves comentários, enfim vai ser uma crítica mas esse começo é só um migué pois deve ficar ruim…assim ninguém critíca no final (ou não).

O cheiro do ralo


Brasil, 2007 – 112 min
Comédia
Direção:
Heitor Dhalia
Roteiro:
Marçal Aquino e Heitor Dhalia
Elenco:
Selton Mello, Silvia Lourenço, Paula Brown, Leonardo Medeiros, Flávio Bauraqui, Alice Braga, Milhem Cortaz, Martha Meola, Dionísio Neto, Lorena Lobato, Lourenço Mutarelli, Susana Alves

A trama do filme é simples, Lourenço (personagem interpretado pelo Selton Mello), é dono de uma loja que compra bugigangas, situada dentro de uma espécie de galpão, assessorado por uma secretária que tem por função filtrar os malucos que pretendem vender as porcariadas para Lourenço, destaque também pra personagem do segurança, extremamente engraçado.

Mas enfim não pensem que por esse começo, que pode parecer meio doido, que é só impressão é o filme é normal, ou mesmo que tenta ser normal, não ele não é, e nem tenta ser, o filme é bem pirado, no começo somos apresentados a vida quase normal de Lourenço, para depois perceber que de normal ele não tem nada, ao sofrer com um problema no banheirinho do galpão, que passa a exalar um odor putrefato (ou melhor seria dizer um cheiro de merda mesmo?), o nosso anti-herói fica completamente obcecado, tentando constantemente alertar os clientes que o cheiro não vem dele… e na medida que o cheiro do ralo aumenta cresce as loucuras e a obsessão de Lourenço (e consequentemente as do filme).

A partir desse momento o bicho pega… e a sua tara por bundas, em especial a da garçonete, começa a ser melhor explorada, Lourenço também passa a rotular ou melhor dizendo “coisificar” (ótima definição que eu roubei da crítica do omelete) os seus clientes através dos objetos que eles venderam, e passa a humilhá-los. Nesse momento começa também a sua fixação pelo Olho, um olho de vidro que Lourenço compra por um valor absurdo e que cria toda uma história em cima dele, uma das melhores sequências do filme, junto com a da bunda, com certeza.

E aqui nesse momento que o filme poderia ter derrapado feio, afinal cinema não tem cheiro, como tentar passar a idéia do odor fetido do ralo? Bom a graça consiste em não ter grande importância o cheiro do ralo, ele é apenas mais uma neurose da cabeça de Lourenço, um estopim pra situação inteira, por isso a interpretação do Selton Mello tem que ser destacada, impossível passar o ‘cheiro’ e a neurose de Lourenço sem um ator forte no papel, e Selton como sempre está fodástico, desde as caras habituais de ‘estou pouco me fudendo’ até os momentos de doideira profunda do personagem, ele está impecável.

O final do filme, pra lá de inusitado, só coroa toda a história bizarra de Loureço. O filme, tragicômico em seu final, e com algumas pitadas de parábolas sociais em seu meio, demonstrando muito bem a exploração dos clientes de Lourenço. Portanto, O Cheiro Do Ralo, pode não ser uma comédia que você vai rolar de rir, até porque é um humor mais inteligente, um humor negro, mas é um filme extremamente interessante e divertido, tem uma atuação impecável do Selton Mello, e se isso tudo não for suficiente pra você checar o filme, digo mais, o filme lança novos ares no cinema nacional fugindo da fórmula dos filmes globais, filmes denúncia ou comédias com humor à la Zorra Total (isso pra não citar os filmes da Xuxa e os do Didi!) que infectam o nosso cinema nacional, filmes quase sempre piores que o cheiro de merda do ralo de Lourenço (e não me entendam mal, acho que o cinema nacional evoluiu MUITO, em especial os filmes denúncia, mas que em sua maioria falta inovar na fórmula (em especial as comédias) com certeza que falta, e isso por si só já seria um bom motivo pra ver O Cheiro, mas se nada disso convenceu você caro leitor desse blog (alguém REALMENTE lê esta merda? acho que nem minha mãe lê) só uma coisa vai convencer…a bunda!).

Realmente vale a pena ver o filme!

ps: uma curiosidade (outra coisa xupinhada da crítica do omelete) O Cheiro Do Ralo, é adaptação de um livro, por sinal o autor do livro atua também no filme, ele faz o secretário do personagem do Selton Mello.

ps2: (não é o vídeo game!) o filme tem o orçamento de 300 mil reais!

ps3: (também não é o vídeo game, porra!) Ronaldo não aprova este filme!

5 Respostas to “O Cheiro Do Ralo”

  1. Desde que li “O cheiro do ralo”, ganhei mais dois livros de Lourenço Mutarelli, gosto do jeito dele escrever, e do jeito que ele nos leva a interpretar suas histórias. Mas então, sei que se rolar alguma oportunidade de ver o filme, eu vou preferir que ela passe direto, corro o grande risco de depois acabar comparando com o livro e ver que nada é tão bom quanto o livro. Prefiro que fique na imaginação.

    O cheiro do ralo, como ele se descreve e tudo mais, eu só consigo lembrar do cara que faz a propaganda do Bombril.

  2. Lucas_Gandalf Says:

    ah que bobagem Marcella, ué vc pode comparar e achar melhor que o livro…

  3. Lucas_Gandalf Says:

    ps ah mas agora eu fiquei com vontade de ler o livro hahaha

  4. Man With a Mission Says:

    o filmo é mtooo bom… mto…
    e a mina tem uma rabo enorme hahaha

  5. Um filme absurdamente bom e profundo. Com um humor negro impecável. só perde para o humor ácido presente no livro, que indico a todos que tenham gostado do filme.
    E a cena que Lourenço chora ao beijao a bunda é uma das cenas mais dramáticas que eu já vi!
    Esse é, sem duvidas, o papel da vida de Selton Melo.
    Um ótimo filme que tivemos em 2007, que foge da formula do cine nacional, assim como o excelente Saneamento Básico!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: